Sistema Online de Apoio a Congressos do CBCE, VI Congresso Sulbrasileiro de Ciências do Esporte

Tamanho da fonte: 
Prevalência de Transtornos Psiquiátricos menores e fatores associados em escolares da cidade de Pelotas/Rs.
Paola Silva Silva

Última alteração: 2012-08-01

Resumo


Introdução: o objetivo do artigo foi verificar a prevalência de transtornos psiquiátricos menores (TPM) e fatores associados em escolares de duas grandes escolas da rede pública estadual da cidade de Pelotas/Rs. Métodos: trata-se de um estudo transversal de caráter descritivo, desenvolvido com 183 escolares do terceiro ano do ensino médio, com idade mínima de 15 anos, de ambos os sexos, devidamente matriculados e selecionados de maneira intencional. Para aferir os TPM, foi utilizado o instrumento Self-Reported Questionnarie (SRQ-20). Resultados: constatou-se prevalência de 29,3% quanto a probabilidade de existência de algum TPM entre os adolescentes, estando associada aos TPM as variáveis “tempo de uso do vídeo game/ computador em dias de aula” e “faixa etária”. Conclusões: a partir dos dados apresentados, verifica-se a importância da criação de políticas públicas de apoio aos estudantes no âmbito escolar a fim de diagnosticar e eventualmente tratar estes distúrbios precocemente, impedindo ou reduzindo a probabilidade da ocorrência de morbidades de ordem mental em fases da vida mais tardias.

Palavras-chave


Transtornos Psiquiátricos; Adolescentes;Escola

Texto completo: anais