Sistema Online de Apoio a Congressos do CBCE, VI Congresso Sulbrasileiro de Ciências do Esporte

Tamanho da fonte: 
ESPORTISTAS DO SÉCULO XXI: OU DAS FUSÕES BIOTECNOLÓGICAS NOS CORPOS DOS ATLETAS
George Saliba Manske

Última alteração: 2012-08-05

Resumo


Este estudo tem como objetivo discutir as condições contemporâneas vinculadas às biotecnologias e suas relações com o esporte de alto rendimento, em especial, na configuração de um novo tipo de sujeito atleta. Parte-se do pressuposto que as bases epistemológicas que organizam o esporte moderno são dualísticas, e acabam por classificar os sujeitos entre atletas normais ou paraatletas, sendo, portanto, incapazes de lidar com as transformações hodiernas referentes aos usos de tecnologias para a ampliação das potencialidades humanas. Desse modo, tais possibilidades condicionam uma nova forma de ser humano e, nesse caso, de ser atleta. Dialogando com as questões da biotecnologia e autores inscritos no campo das ciências humanas, busca-se explorar este tema a fim de conjecturar a emergência de um novo esportista e refletir sobre os modos como se pode incorporar tal sujeito e sua condição em agendas de discussão sobre o esporte de alto rendimento contemporâneo.

Palavras-chave


Esporte; Biotecnologia; Pós-estruturalismo

Texto completo: anais