Sistema Online de Apoio a Congressos do CBCE, IV Congresso Sulbrasileiro de Ciências do Esporte

Tamanho da fonte: 
PRESCRIÇÕES DE EMBELEZAMENTO NA DÉCADA DE QUARENTA E NO TEMPO PRESENTE: SOBRE A CONFIGURAÇÃO DE UM PROJETO BIOPOLÍTICO DE CONTROLE DO FEMININO
Beatriz Staimbach Albino

Prédio: Auditório Jean Jacques Rousseau
Sala: Sala 03
Data: 2008-09-20 03:00  – 03:20
Última alteração: 2008-09-29

Resumo


As prescrições de embelezamento são delineadoras de um projeto biopolítico de controle do feminino que encontra nas premissas da indústria cultural fundamental dispositivo. Comparamos dois conjuntos de fontes: a Página Feminina (edições dos anos de 1940/1941) e a revista Boa Forma (algumas edições de 2001-2006). São estratégias de domínio: interiorização da culpa e autovigilância; incitamento a exposição corporal; elogio do mérito; manipulação da utopia de reconciliação com a natureza; normatização por meio da "liberdade de escolhas" e manipulação do desejo. Mecanismos que reduzem a mulher à condição biológica e como próxima da natureza - legitimando a dominação (masculina).

Abstract

The beauty lessons are part of a biopolitical process to control the female body that finds its basis on culture industry. We compare two sources: the “Página Feminina”(1940-1941) and the Magazine “Boa Forma” (2001-2006). The dominations strategies are: inversion of guilty and self-vigilance; body exposition; meritocracy; manipulation of the utopia of reconciliation with nature and free chousing x desire manipulation; the reduction of female in “Biology” and as Nature – to increase the (masculine) domination.

 


Palavras-chave


Culto ao Corpo; Corpo Feminino; Indústria Cultural; Biopolítica

Texto completo: PDF