Sistema Online de Apoio a Congressos do CBCE, XVII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte / IV Congresso Internacional de Ciências do Esporte

Tamanho da fonte: 
A DANÇA NO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTES DA UFC: UMA PRÁTICA TANGENCIAL
Marcos Antônio Almeida Campos, Lorena Pinheiro de Queiroz

Última alteração: 2011-09-27

Resumo


RESUMO: Este estudo tematiza a dança na formação profissional no curso de licenciatura do Instituto de Educação Física e Esportes da Universidade Federal do Ceará (IEFES/UFC). Tem por objetivo analisar o entendimento e a importância atribuída à dança por licenciandos formandos do IEFES/UFC, frente à não-obrigatoriedade desse conteúdo na sua grade curricular. A metodologia é baseada na análise de questionários que abordaram questões referentes à formação docente, à dança na escola, à dança na educação física e à dança no IEFES/UFC, foco principal da pesquisa. Verificou-se, a partir das falas dos formandos, que os mesmos reconhecem a importância da dança; porém, na maioria das vezes, não se sentem capacitados para desenvolver tal temática no ensino formal. Apontam também que este problema poderia ser minimizado se a grade curricular do curso oferecesse, em caráter obrigatório, alguma disciplina que tratasse a dança como conteúdo principal. Também reconhecem que a dança é uma prática acessória, que margeia a dinâmica da Educação Física nos ambientes formais de ensino, tendo seu valor reduzido a meras cópias e representações descontextualizadas, na maioria das vezes.
PALAVRAS-CHAVE: dança; formação docente; currículo.

Texto completo: ANAIS