Sistema Online de Apoio a Congressos do CBCE, XVIII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e V Congresso Internacional de Ciências do Esporte

Tamanho da fonte: 
A POLÍTICA E OS MEGAEVENTOS ESPORTIVOS: UMA REVISÃO CONCEITUAL
Bárbara Schausteck de Almeida, Wanderley Marchi Júnior

Última alteração: 2013-06-24

Resumo


O crescimento na exposição e na proporção de eventos esportivos como os Jogos Olímpicos e Paralímpicos e a Copa do Mundo FIFA trouxe uma série de consequências para as cidades e países sedes. Nesse sentido, propomos a revisão de três compreensões conceituais que se evidenciam em discursos e ações políticas: impulso ao crescimento e desenvolvimento urbano, status de cidade global e aprimoramento de imagem, e soft power. Ao discutir esses conceitos com base na literatura internacional, apontamos que eles embasam motivações e são consequências da realização dos megaeventos em diferentes casos, especialmente a partir da década de 1960. Assim sendo, eles podem servir para subsidiar o debate científico-acadêmico brasileiro em virtude da realização de tais eventos no país.

Palavras-chave


Megaeventos; Esportes; Política; Revisão.

Texto completo: PDF