Sistema Online de Apoio a Congressos do CBCE, XIX Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VI Congresso Internacional de Ciências do Esporte

Tamanho da fonte: 
A ASCESE CORPORAL NO KARATE: CONSIDERAÇÕES SOBRE A EXPRESSIVIDADE NO KATA
Fabio Augusto Pucineli

Última alteração: 2016-01-21

Resumo


Este estudo tem como objetivo promover uma análise do kata como um elemento fundamental do Karate como arte marcial, considerando-o, também, como um importante exercício próximo ao conceito de ascese corporal. Para tal, o trabalho contou com pesquisa documental e coleta de informações realizadas durante viagens de estudo a Okinawa – Japão, nas quais o pesquisador envolveu-se com a prática do Karate em diferentes instâncias. Com isso, foram confrontados a configuração moderna do karate com a clássica, buscando-se compreender os mecanismos de poder sobre os indivíduos que facilitaram a apropriação do karate pelos dispositivos de controle e a identificação das práticas que resistem e escapam às capturas normativas. Com isso, resignificar as maneiras de pensar, sentir, ensinar e praticar karate.

Palavras-chave


karate; kata; ascese corporal

Referências


BENNETT, Alexander. Budô: The martial ways of Japan. Tokyo: Nippon Budokan Foundation, 2011.
FOUCAULT, Michel. História da Sexualidade 3: O cuidado de si. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1985
__________¬_. A Hermenêutica do Sujeito. 2ª edição. São Paulo: Martins Fontes, 2006.
FUNAKOSHI, Gichin. Karate-do: My way of Life. Tokyo: Kodansha International, 1981.
HADOT, Pierre. O que é Filosofia Antiga? São Paulo: Edições Loyola, 1999.
ROSENBAUM, Michael. Kata: La transmisión del conocimiento en las artes marciales tradicionales. Madrid: Arkano Books, 2007.
STEVENS, John. Três Mestres do Budô. São Paulo: Cultrix, 2007.

Texto completo: PDF