Sistema Online de Apoio a Congressos do CBCE, VI Congresso Goiano de ciências do Esporte

Tamanho da fonte: 
A RELAÇÃO DO PERFIL SOMATOTIPOLÓGICO DE INDIVÍDUOS DE 18 A 24 ANOS, COM AS RESPOSTAS HIPERTRÓFICAS DO TREINAMENTO DE MUSCULÇÃO EM GOIÂNIA.
Victor Hugo Camargo

Prédio: Escola Superior de Educação Física de Goiás
Sala: Auditório da ESEFEGO
Data: 2009-06-11 11:00  – 11:15
Última alteração: 2009-06-08

Resumo


Resumo

 

Na atualidade tem recebido grande importância investigações de cunho fisiológico que tratem a genética e a morfologia corporais dentro dos espaços da Educação Física. O presente estudo tem o propósito de analisar a intervenção que o biótipo humano, mais precisamente o somatotipo, exerce no treinamento hipertrófico de musculação. É uma pesquisa de campo de caráter longitudinal realizada com 10 indivíduos do sexo masculino, com idade entre18 a 24 anos, ativos. A fase experimental foi caracterizada por avaliação somatotipológica e perimétrica, bem como uma conseqüente aplicação de um treinamento de força de 12 semanas. A análise dos resultados se deu por intermédio da estatística descrita dos dados, Como resultado foram detectados dois grupos um endo-mesomórfico e outro endo-ectomorfico. Foi observado aumento médio de circunferência de braço de 0.98 cm e 0.78 cm para o grupo endo-mesomórfico e endo-ectomórifco, respectivamente. Assim, concluiu- se que o perfil somatotipológico dos indivíduos estudo pode ter sido fator importante nas respostas hipertróficas ao treinamento de força.

 


Palavras-chave


Avaliação Física; Somatotipo; Treinamento de Força; Hipertrofia muscular

Texto completo: PDF