Sistema Online de Apoio a Congressos do CBCE, VI Congresso Goiano de ciências do Esporte

Tamanho da fonte: 
EFEITOS DO EXERCÍCIO DE FORÇA NO TRATAMENTO DA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA
Siomara Freire Macedo de Araujo, Camilla Bento de Macedo, Raphael Martins Cunha

Prédio: Escola Superior de Educação Física de Goiás
Sala: Auditório da ESEFEGO
Data: 2009-06-11 03:15  – 03:30
Última alteração: 2009-07-11

Resumo


A hipertensão arterial é uma síndrome multicausal e multifatorial caracterizada por níveis elevados tanto na pressão arterial sistólica quanto diastólica, sendo associada a distúrbios metabólicos. A prática do exercício vem apresentando-se positivo no tratamento da hipertensão arterial, sendo mais difundida a classe dos exercícios aeróbicos. No entanto, muitos estudos têm sido realizados com exercícios de força em hipertensos, mostrando-se também benéficos. Assim, este estudo tem como objetivo realizar uma análise da literatura específica sobre os efeitos da prática do exercício de força por indivíduos hipertensos. Trata-se de um estudo de revisão sistemática da literatura, de caráter exploratório. Foram analisados dados na literatura que evidenciam a hipotensão pós-exercício de força. Exercícios de força podem desempenhar um importante papel no tratamento não farmacologicao na pressão arterial. Mais estudos são necessários para respaldar o Professional de Educação Física na prescrição deste tipo de exercício para indivíduos hipertensos.


Palavras-chave


Exercício de força, Hipertensão Arterial Sistêmica, tratamento.

Texto completo: PDF